BASTIDORES

Ao lado de Alckmin, Lula quer fazer de visita a Pernambuco um giro pelo Nordeste

Em São Paulo, Danilo Cabral (PSB) e Teresa Leitão (PT) se encontraram com Lula (PT) para um almoço e uma reunião

Augusto Tenório
Cadastrado por
Augusto Tenório
Publicado em 31/05/2022 às 17:12 | Atualizado em 31/05/2022 às 17:30
RICARDO STUCKERT
Lula e Alckmin devem participar de ato público juntos - FOTO: RICARDO STUCKERT
Leitura:

Em São Paulo, Danilo Cabral (PSB) e Teresa Leitão (PT) se encontraram com Lula (PT) para um almoço e uma reunião. A coluna confirmou que Geraldo Alckmin (PSB) vai participar da visita a Pernambuco e que o ex-presidente quer usar a passagem pelo estado para fazer um giro pelo Nordeste.

Como a coluna adiantou, a visita de Lula a Pernambuco, definida para o início de junho, deve ser adiada por causa da crise das chuvas, acentuada no Grande Recife. Os petistas trabalham com a possibilidade de a caminhada acontecer a partir do dia 15 ou 18 de junho.

Participaram do almoço: Lula (pré-candidato à presidência), Alckmin (pré-candidato à vice), Danilo Cabral (deputado federal e pré-candidato ao Governo de Pernambuco), Teresa Leitão (deputada estadual e pré-candidata ao Senado) e Humberto Costa (senador pelo PT-PE).

Ricardo Stuckert/Divulgação
Teresa Leitão (PT), deputada estadual e pré-candidata ao Senado, e Lula (PT), ex-presidente e pré-candidato ao Palácio - Ricardo Stuckert/Divulgação

Em tempo, o governador Paulo Câmara (PSB) não viajou a São Paulo por causa dos desastres no estado. Até o momento, contabilizam-se mais de 100 mortos e 6 mil desabrigados ou desalojados por causa das chuvas em Pernambuco.

O almoço também serviu para, além da produção de imagens com os aliados pernambucanos, Lula elencar os principais locais pelos quais quer passar. Danilo e Teresa também sugeriram locais. Até o momento, definiu-se que o ex-presidente vai passar pelo Recife e por mais uma cidade do interior.

A estadia em Pernambuco também pode ser reduzida. Antes previa-se uma visita de três dias, mas, como a viagem deve acontecer num contexto de giro pelo Nordeste, pode encolher.  Segundo aliado, o ex-presidente trabalha com a possibilidade de, além das terras pernambucanas, passar pela Bahia ou pela Paraíba.

Após o almoço com Lula e Alckmin, Danilo Cabral e Teresa Leitão participaram de uma reunião com Gleisi Hoffmann, presidente do PT-PE, e a assessoria direta do do ex-presidente.

Em tempo, interlocutor afirma que, durante as conversas com Danilo e Teresa, Lula também demonstrou interesse pela situação das chuvas em Pernambuco. Perguntou sobre a atuação das prefeituras, do Governo do Estado e do Governo Federal. Disse, também, que vai telefonar para Paulo Câmara numa situação mais oportuna, quando a crise arrefecer.

Comentários

Últimas notícias