PESQUISA

DATAFOLHA: pesquisa aponta 'prioridades' dos eleitores de Lula; saiba mais

Na parte da economia, um terço dos eleitores do ex-presidente afirma que a comida em suas casas foi menos do que o suficiente nos últimos meses (35%)

Lorena Lins
Cadastrado por
Lorena Lins
Publicado em 04/07/2022 às 18:01 | Atualizado em 04/07/2022 às 18:13
Instituto Lula
Ex-presidente está para vir ao Estado de Pernambuco. Já começou viagens nacionais por Minas Gerais - FOTO: Instituto Lula
Leitura:

Segundo uma pesquisa da Datafolha, a maior parte dos eleitores do ex-presidente Lula (PT) acha que o desemprego tende a aumentar e diz que a comida não foi suficiente nos meses anteriores.

A pesquisa também mostrou que o petista tem mais adesão entre as pessoas que acreditam que as mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips vão prejudicar a visão do exterior em relação ao Brasil (55%, contra 47% do total).

Além dos eleitores ateus, o ex-presidente tem atraído o público mais católico. Para levantamento dos dados foram entrevistados 2.556 pessoas acima de 16 anos, em 181 cidades de todo o país, nos dias 22 e 23 de junho, com margem de erro total de dois pontos percentuais.

Por sua vez, a folha de São Paulo publicou uma lista da pesquisa a respeito dos brasileiros que tem intenção de voto em Lula:

Na parte da economia, um terço dos eleitores do ex-presidente afirma que a comida em suas casas foi menos do que o suficiente nos últimos meses (35%). Na mesma categoria, os apoiadores de Bolsonaro são 10% e de Ciro 20%, considerando a margens de erro.

Quase metade dos apoiadores de Lula acreditam que o presidente Bolsonaro incentiva mais o desmatamento do que combate.

No top três de principais candidatos, o petista é o que mais atrai pessoas que não acreditam em Deus, cerca de 17%. Contra 2% de Bolsonaro e 8% de Ciro. Os seguidores do ex-presidente são os que menos contribuem financeiramente com obras religiosas, comparado aos seus rivais.

A última pesquisa realizada diz que a quase dois em cada dez eleitores de Lula não se considera como heterossexuais (18%), enquanto Bolsonaro é de 7% e Ciro 11%. Além disso, Lula atrai mais o público feminino, 56%, contra 41% de Bolsonaro.

Comentários

Últimas notícias