CHUVAS

Raquel Lyra sobrevoa municípios da Mata Sul em situação de emergência por conta das chuvas

Chuvas em Pernambuco: Zona da Mata Sul tem 15 municípios em situação de emergência

Imagem do autor
Cadastrado por

Rodrigo Fernandes

Publicado em 10/07/2023 às 11:46
Notícia
X

Após decretar situação de emergência em mais três cidades por causa das fortes chuvas dos últimos dias, a governadora Raquel Lyra (PSDB) sobrevoou a região de helicóptero na manhã desta segunda-feira (10).

"Desde cedo estamos verificando in loco a situação dos municípios da Mata Sul por conta das enchentes, no helicóptero e no chão, conversando com as pessoas", disse a tucana.

"Já é possível constatar a presença do Governo do Estado ajudando a desobstruir vias, ofertando água e buscando as ações emergenciais, mas fica evidente também a urgência de tirar do papel as barragens planejadas em 2010, sobre as quais estamos trabalhando desde a transição”, completou Raquel Lyra.

A governadora estava acompanhada do secretário-executivo de Proteção e Defesa Civil do Estado, Coronel Clóvis Ramalho.

A situação de emergência, publicada no Diário Oficial do Estado, está estabelecida nos seguintes municípios:

  • Água Preta;
  • Joaquim Nabuco;
  • Belém de Maria;
  • Maraial;
  • Barreiros;
  • Quipapá;
  • Catende;
  • Rio Formoso;
  • Cortês;
  • São Benedito do Sul;
  • Jaqueira;
  • Xexéu;
  • Palmares;
  • Primavera;
  • São José da Coroa Grande.

Chuvas na Mata Sul

O governo afirma que, em articulação com o Governo Federal, a gestão estadual já garantiu o envio de 1,4 mil cestas básicas para a população dos municípios afetados. As cestas estão sendo enviadas através do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, e devem chegar ainda no início desta semana.

Além disso, a Secretaria de Saúde do Estado está realizando diagnóstico de medicamentos e insumos das unidades básicas de saúde atingidas pelas intempéries para garantir o abastecimento dos respectivos estoques.

De acordo com a Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Civil, foram registradas 2862 pessoas, de 756 famílias, atingidas pelas chuvas intensas.

Desse total, 2447 pessoas, de 656 famílias, estão desalojadas, e 415 pessoas, de 101 famílias, estão desabrigadas. Treze pontos de deslizamentos foram registrados nessas cidades, sendo quatro em Catende, sete em Joaquim Nabuco, um em Cortês, e um em Rio Formoso.

VEJA ESTE CONTEÚDO RELACIONADO:

Tags

Autor